Polícia

300 policiais continuam buscas por ladrões de banco em Mato Grosso

Dois helicópteros e mais de 300 policiais militares de Mato Grosso e de Estado Goiás estão a procura dos assaltantes da agência do Banco do Brasil do município de Guiratinga. O assalto aconteceu ontem pela manhã. Segundo o comandante da regional Sul, tenente-coronel Wilquerson Felizardo Sandes, ainda não há pistas dos assaltantes. “A polícia não vai se retrair de forma alguma. Eles imaginavam que o local era deslocado e as autoridades e a polícia levariam horas para chegar”, ressaltou o comandante.

De acordo com Wilquerson, os bandidos utilizavam armamentos de guerra como granadas e armas de grosso calibre. Um policial foi atingido e morreu. “O policial que morreu com tiro na cabeça durante o assalto não teria chance nem se estivesse de colete”, disse Wilquerson.

Os dois helicópteros estão sobrevoando a região onde aconteceu o assalto. As primeiras informações dão conta que os assaltantes levaram uma quantia de R$ 350 mil. Os reféns usados como barreira foram liberados minutos depois do assalto.

O assalto durou 20 minutos a polícia chegou trocar tiros com os bandidos. Na hora do assalto havia quatro policiais de um efetivo de 11 homens. Na troca de tiros, o policial conhecido como Iporá que estava prestando serviço na cidade foi morto. Ele era da cidade de Tesouro.