Opinião

Os nossos valores nos fortificam

Basta estarmos vivos para termos problemas, mas eles fazem parte das nossas vidas, pois sem os obstáculos não teríamos parâmetros para valorizar as nossas vitórias.

Ao vencer as nossas próprias batalhas internas ganhamos mais confiança, e possamos reforçar as nossas possibilidades de decidirmos pelas melhores opções e assim, concluirmos os novos projetos e sermos um vitorioso.

Mas, sempre ao iniciamos um grande projeto, vem junto, algumas insegurança e um frio na barriga, e que pode trazer um sentimento negativo e que possa promover indecisões diante dos primeiros obstáculos, mas o importante é não espelhar no medo, que pode no futuro retardar a conclusão de novos projetos.

Os conflitos interiores e as inseguranças estão sempre presentes em nossos pensamentos e com isso, pode ser constituindo com as principais batalhas interiores e que devem ser vencidas, pois os nossos inimigos, são nós mesmos, por isso, devemos reconhecer os nossos próprios defeitos, fazendo com que consigamos manter o nosso equilíbrio, e sem saber que ao exteriorizar os nossos pensamento sobre a modo de viver, este, pode influenciar as nossas ações de forma positivas ou negativas, mas ao alimentarmos o nosso modo de ser com sentimento de quer vencer, somos fortificados a superar todo e quaisquer obstáculos que aparecer em nossas trajetórias.

A própria alegria do viver vitorioso,  combinada com a autoconfiança, com certeza são transformadas em incentivos para vencermos cada etapas de lutas, e com isso, nos fortificando para superar tudo pensamento negativo, pois são eles que a nos trazem a insegurança, e que por alguma razão está a nos prejudicar, por isso, devem serem expulsos do nosso pensar, fazendo com que ao dar o primeiro passo, a perspectiva de vitória seja nosso único foco.

Acima de tudo devemos ter sempre a certeza que podemos ir muito além, a vida não termina ao fim de um dia, pois a cada amanhecer nascem novos sonhos e as opções de conquistas que vêm nos acordar para nos dizer que estamos vivos, é por isso que devemos estar atentos para reconhecer o nosso próprio valor e fazê-lo valer de fato.

Wilson Carlos Fuáh – Economista Especialista em Administração Financeira e Relações Políticas e Sociais em Mato Grosso - [email protected]