sábado, 20/abril/2024
PUBLICIDADE

O tempo não é generoso com retardatários

Wilson Carlos Fuáh – economista, especialista em recursos humanos e relações sociais e políticas em Mato Grosso
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Tudo que acontece em nossas vidas têm uma razão de ser. Não devemos ficar ansiosos pelo amanhã, pois cada dia ao encerrar traz em si, a escuridão da noite impregnada com pequenas cargas do bem ou do mal. 

O maior objetivo da vida é a busca do auto descobrimento, pois somos seres focados na perfeição e que às vezes, até esquecemos da nossa essência, que é a identificação da divina luz, responsável direta pela iluminação dos nossos caminhos.

Tudo que fazemos na vida, para o bem ou para o mal, será avaliado aos olhos de Deus, cabendo a cada um de nós, assumirmos os débitos ou os créditos da nossa existência, onde na maioria das vezes, acumulamos  muitas dívidas espirituais. 

O importante é que tenhamos a certeza que só responderemos pelas nossas ações, que na maioria das vezes podem ser inconsequentes e repletas de erros quando adotamos opções impossíveis, que quase sempre não são da nossa responsabilidade, porque muitas vezes trocamos a razão pela emoção.
           
Em qualquer lugar que vivermos, o destino sempre nos reservará a uma vaga de aprendizes na escola da vida. Que não percamos tempo com as futilidades e os sentimentos menores que a nada acrescentam, iniciemos agora, portanto, a desenvolver o processo de aprendizagem tendo como objeto maior: ver; ouvir; aprender; crescer e  evoluir, tendo como objetivo final  alcança o ápice da intelectualidade, da moralidade e da espiritualidade.

É, primordial que possamos seguir educando as nossas ações para  conquistar a consciência, sabendo que o nosso viver é formado por duras batalhas onde os caminhos mais  fáceis são difíceis de serem encontrados, e termos a clareza e a convicção de que a luta por objetivos pré-definidos e assim, poder alcançar o sucesso almejado, e isso tudo, faz parte da evolução da nossa própria vida e ter a certeza de que ninguém trabalhará por nós, pois ter esse movimento evolutivo é  peculiar  de cada ser.

Desta forma, iniciemos agora essa caminhada, pois o tempo normalmente é implacável, intransigente e pouco generoso para com os indolentes e retardatários.    

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias

Da Constitucionalização do porte e uso de drogas

O Senado Federal aprovou em segundo e último turno...

G20: Manejo Florestal um caminho para mitigar as mudanças climáticas

Compartilho algumas reflexões sobre um tema de extrema relevância...

A medula da Constituição

Estamos precisando ler a Constituição com a mesma frequência...

Habitat diferentes para o bem comum

Não restam dúvidas de que a convivência pacífica entre...