segunda-feira, 26/fevereiro/2024
PUBLICIDADE

O poder do som

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Adoro música. Aprendi a gostar de boa música, na minha opinião, na adolescência. Meu estilo preferido é o rock, mas também tenho uma "quedinha" especial por bons nomes da nossa MPB. Mas o quê me fez gostar de rock? A sonoridade de um instrumento chamado guitarra. O som deste objeto sempre me fascinou e fascina até hoje. Não, este não é um texto para falar sobre acordes ou como tocar uma guitarra. Pois disso, não entendo nada. Sou um completo desinformado neste assunto. Logo mais a frente explico!

Poderia citar aqui alguns guitarristas dos quais sou fã. Mas como forma de evitar alguma injustiça ou falha de minha memória, não farei isso. Ao contrário, citarei como exemplo um filme-documentário chamado "A Todo Volume" que assisti recentemente. O título em questão aborda a história da guitarra e das carreiras de três guitarristas famosos: Jimmy Page, The Edge e Jack White.

Para quem conhece um mínimo de rock, o primeiro nome dispensa qualquer tipo de comentário. Ele simplesmente foi o guitarrista do Led Zeppelin. O segundo, não menos importante, integra o U2. Já o terceiro faz parte da nova safra de bons e inquietantes roqueiros, foi fundador do Withe Stripes.

Como na escola ou na faculdade é importante ter bons e professores. Mas se tiver grande professores e apaixonados, a coisa muda, ganha outro patamar. Ao ver o documentário, minha paixão pelo rock, e consequentemente pela guitarra, subiu de patamar ao ver como "caras" importantes que moldaram algumas gerações através da música, falaram sobre isso.

É impressionante ver como Page fala dos dois assuntos de modo apaixonado e sincero, suas inquietudes quanto músico, sempre querendo fazer algo diferente e inovador. Cultuado por muitos e muitos, revelou que alguns discos do Led, na época de seu lançamento, foram escorraçados pelos críticos. Vale citar que um dos álbuns criticados tem nada mais nada menos que as músicas "Black Dog" e "Stairway to Heaven". Algumas de minhas preferidas.

Para quem é apaixonado por rock, vale conferir o documentário sobre estas "feras" e sobre como eles tratam este poderoso instrumento musical. Ah, é bom assistir até o finalzinho, pois os três mostram que são "feras" em uma canção que encerra o documentário.

Alex Fama é jornalista e editor de Só Notícias.

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias

Não é apenas água que falta em Várzea Grande!

Se você mora em Várzea Grande ou tem um...

Somos idealizadores de objetivos

Ao comprometermos com algo infinitamente superior as nossas forças,...

Aqui não cabe potoca

Antigamente, lá na roça os homens, em sentido lato,...

O seu pior inimigo pode estar no seu voto

Muitas pessoas estão apenas preocupadas em mudar o mundo...