domingo, 3/março/2024
PUBLICIDADE

Eleições OAB: não voto, mas torço

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Eleições são eleições. E a gente torce. Às vezes a gente diz: "tanto faz esse ou aquele que ganhar…". Mas a gente torce. Mesmo que caladinho, a gente acaba torcendo – para um ou para outro.  o próximo dia 19 de novembro (a menos de duas semanas) a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seccional de Mato Grosso, estará escolhendo, através do voto de todos os advogados disciplinados e em dia com a instituição, o seu novo presidente, aquele que substituirá Francisco Anis Faiad que encerra o seu segundo mandato consecutivo. Na disputa João Vicente Montano Scaravelli e Cláudio Stábile.

Stábile tem o apoio de Faiad e (descobri) do advogado Salvador Pompeu de Barros filho, ícone na advocacia mato-grossense a qual exerce há mais de meio século. "Cláudio Stábile é um advogado exemplar. Vejo nele o profissional batalhador, ético, sério e que saberá conduzir a Ordem com responsabilidade. Como advogado militante, além de professor, conhece todos os problemas enfrentados pela classe, conhece as necessidades do jovem advogado e a realidade do profissional em Mato Grosso. Por isso tem o meu total apoio", declarou Salvador Pompeu na última quarta-feira (4).

Além de Faiad e do advogado e desembargador aposentado Salvador Pompeu que, inclusive já presidiu a ordem no estado e também já foi conselheiro federal, uma lista enorme de renomados advogados apoiam Stábile.
Em Alta Floresta, os advogados da 8ª subseção que compreende também os municípios de Paranaíta, Carlinda, Nova Monte Verde, Nova Bandeirantes e Apiacás, além de estarem escolhendo o presidente da Ordem no Estado estarão delegando a presidência da Ordem nessa região do extremo norte a um desses dois concorrentes: Gabriel de Almeida Navarro (atual vice-presidente que tem o apoio do atual presidente Araão Lincoln Sicuto) e Kleber Zinimar Coutinho. Ambos, ao que consta, apoiam Stábile. Eu não sou advogado, portanto não voto e, como eu disse no início desse artigo, eleições são eleições e a gente torce. Tanto Gabriel quanto Kleber são meus amigos (penso que sejam), mas eu não sou advogado e, por isso, não voto. Mas a gente torce.

Estou certo de que se um dia eu precisar dos serviços de qualquer um dos dois, embora eu os conheça e os tenha como amigos, dificilmente dispensarão os honorários advocatícios. Mas aquela coisinha que bole e bole, acaba me cobrando uma posição. Não voto, mas torço. Torço pelo Stábile em Mato Grosso e em Alta Floresta, embora eu seja amigo dos dois, do Gabriel há muito mais tempo que do Kleber, eu torço para apenas um, obviamente.  Gabriel Navarro está tendo um apoio estranho. Quem acompanha a "dinâmica" da política sabe do que eu estou falando. Não sou advogado, portanto, não voto. Não voto, mas torço. Torço para Stábile na seccional da OAB do Estado e em Alta Floresta estou certo de que o advogado da vez para assumir a 8ª subseção é Kleber Coutinho, mas eu não voto. Não voto, mas torço.

Carlos Alberto de Lima é jornalista em Alta Floresta

 

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias

Endometriose: A importância do diagnóstico precoce

O Março Amarelo começou! É o mês mundial de...

O Indizível

Quando menino, a mãe pedia para eu ir ao...

A grande expectativa coletiva

É muito fácil presentear quem não precisa de amparo...