Opinião

Cotas de felicidade

Todos os dias, recebemos as nossas cotas de Felicidades, e com elas vêm também alguns enigmas que precisam ser entendidos, pois vitórias sem esforços, não “somatizam” valores enquanto aventureiros natos que somos.  Precisamos observar e entender os pequenos sofrimentos como estágios indispensáveis para que possamos crescer e evoluir espiritualmente, pois o importante é conseguirmos fortalecer o amor e ressuscitar as esperanças, mesmo quando o último recurso parecer não mais existir.

O maior império material das nossas vidas também é transitório, porque tudo que materialmente nos cerca, e são conquistas que existem apenas para nos trazer conforte e sensações de prazer, sem apegos, pois todas as conquistas materiais são passageiras.

A verdadeira felicidade está nas coisas simples e naturais, e para alcançá-la basta aceitarmos a vida da forma que ela se apresenta, sem ansiedades e pré-julgamentos, pois nada se encerra ao fim de um dia, o importante é receber e distribuir pedaços de nós em forma de Felicidades, por que a vida é constituída de momentos felizes, por isso, devemos agradecer antes de lamentar, e eternizar tudo aquilo que nos transforma e nos faz crescer além do que esperamos.

Wilson Carlos Fuáh – Economista Especialista em Administração Financeira e Relações Políticas e Sociais em Mato Grosso - [email protected]