Opinião

‘Cosa de loco’

Quero parabenizar com o internauta Edgar Sawaris, pela sua coragem em identificar alguns vereadores sinopinos ou sinopuanos,com baratas tontas. Realmente o comportamento dos vereadores que se chamam de “parlamentares”, tem envergonhado as consciências jurídicas da cidade; aliás,certos pensamentos dos ilustres (opinião deles),identificam este aglomerado urbano com uma corrutela qualquer. Acrescente-se ainda que o tal “Balairo” Maggi, por conta da subserviência da câmara já colocou uma intervenção branca no município e o tem anunciado insistentemente pelas nossas “televisões”. Falta autoridade ao município, pois não pode um governador, portar-se como um inspetor de quarteirão, discriminando um estado inteiro em favor de alguns votos.A administração pública desta cidade vai muito mal: tanto por parte do governador quanto por parte da municipalidade.Afora os arroubos eleitoreiros ninguém percebe a ação administrativa dos governantes.Desse jeito é até provável que o estelionatário eleitoral Dilceu Dal Bosco se reeleja e que o Ricarte não seja incluído no “mensalão”.

Luiz Pinheiro é advogado em Sinop