quarta-feira, 28/fevereiro/2024
PUBLICIDADE

As infinitas escolhas

Wilson Carlos Soares Fuáh – É Especialista em Recursos Humanos e Relações Sociais e Políticas em Mato Grosso - [email protected]
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Necessitamos estar preparados para substituir a palavra sofrimento pela palavra aceitamento, a nossa vida será uma página em branco, se não soubermos assumir os vários projetos optativos que a própria vida nos oferece.           

Todas as ocorrências em nossas vidas são escritas por nós mesmos, sofrem menos aqueles que assumem as responsabilidades que estão do tamanho da sua capacidade produtiva, as obras inacabadas e sonhos não realizados trazem frustrações que pode ser agravados ou suavizados dependendo da nossa escolha. 

A nossa vida é constituída de infinitas escolhas, mas se você passa por muitos momentos de sofrimentos, são sinais que você está escolhendo caminhos errados, talvez porque está distanciando das decisões do amor ou da fé, e por isso, podemos está nos afastando dos nossos momentos com Deus.           

Ao distanciar de você mesmo, a sua vida passa por inconstâncias nada agradáveis, até que assuma a realidade com inteligência e coragem, verá que ao dar o primeiro passo em rumo dos objetivos possíveis, os sentimentos acanhados desaparecerão e ao contrário, se não houver objetivos definidos, a mente passa a ser habitada por perguntas acompanhadas de descrenças, passando a assumir a direção em forma de medo, e a sua vida passa a ser gerida por perguntas desnecessárias, como:1 – “Como vou justificar o que fiz”? – mas você não fez.2 – “Se eu errar o que vão pensar de mim”? – mas, você ainda não errou.3 – “Será o que estão falando de mim pelo que fiz”? – mas você ainda não decidiu, por isso, ninguém está falando de você.           

Não viva de aparências, porque elas podem prejudicar as suas decisões. Entenda que a sua vida é feita de luz, nascemos para brilhar, mas por sermos contagiados por vícios sociais, como orgulho e soberba, e isso, tornam-se fatores que embaçam as nossas visões, levando ao afastamento dos propósitos divinos, que é o verdadeiro poder que direciona nossa elevação e que nos obrigam a transcender a pequenez de acharmos que somos tão autossuficientes e que não dependemos de ninguém. Sem culpas e sem orgulhos, a nossa fé aumenta e passamos a entender que somos apenas instrumentos do Criador. Muitos sofrem de vazios e frustrações, porque buscam ajudas em forma de alegrias artificiais (drogas lícitas e ilícitas) e que são alimentadas pelas satisfações momentâneas. 

O importante é seguir a indicação do seu coração, pois é ele que te levará para onde você deseja chegar, eliminando sempre os nossos passos encalços e que nos dá o alento para decidir, é só ouvir o que está sendo assoprado em nossos ouvidos, saiba que essas sintonias finas estão a mostrar a direção para onde devemos encontrar a paz e o lugar certo para desenvolver o prazer emocionante das conquistas e que nos leva ser feliz.

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias

A grande expectativa coletiva

É muito fácil presentear quem não precisa de amparo...

Não é apenas água que falta em Várzea Grande!

Se você mora em Várzea Grande ou tem um...

Somos idealizadores de objetivos

Ao comprometermos com algo infinitamente superior as nossas forças,...

Aqui não cabe potoca

Antigamente, lá na roça os homens, em sentido lato,...