Opinião

A realidade existe para ser usada

O ser humano para ser um competidor, muitas vezes, passa a agir em função de relacionamentos vulneráveis, e essa nossa vulnerabilidade é que nos leva, muitas vezes, a perder a forças, a coragem e a persistência em nossos ideais.
As nossas verdades muitas vezes nos colocam muitos a sós em relação ao mundo, e às vezes também em relação a nós mesmos, e essas  situações diversas e divergentes, é que levam as pessoas pensar que diante das verdades incompreensíveis, podem ser atingidos pelos fatores que produzem desânimos para atingir os objetivos propostos e como fuga passamos buscar novos rumos inconsequentes, e dessas decisões é possível que alguns desavisados possam viver como adeptos do “viver invisível” ou   possam a desaparecer por falta de contatos necessários, e isso, é que leva muitas pessoas e ficarem mudando de atividades ou desistindo de todos os projetos de vida, por achar que tudo é impossível.

O importante é saber qual o momento mágico que devemos ser acordados por um “choque de realidade”, deixar a nulidade individual de lado, e entender que somos ligados por uma luz superior, pois somos partícula dela, e como num toque de magia e sentimento de que a realidade existe para ser usada, logo, às coisas se acalmarão e as pontas estarão miradas a nossos favor, e assim, o novo nos fortalecerá e possibilitando que possamos aceitar as transformações que nos levarão a ser uma nova pessoa e um profissional diferente e estimulado a competir e alcançar novas possibilidade de sucesso, pois o importante é saber que as oportunidades sempre estiveram muito próximas dos nossos olhos e a sempre a nossa disposição, só faltava assumir a liderança que deixamos de exercer, por comodismo e por desgastes de seguidos fracassos individuais, deixou-nos sem competitividade e o tempo passou sem ser usado adequadamente .

Por isso, devemos deixar que os nossos bons sentimentos se transformem em ondas de exemplos ao serem notados, pois ao contrário, se agirmos sob o poder da arrogância individualista, terminamos impedindo que coisas importantes venham a fazer parte de nossas vidas.

Wilson Carlos Fuáh – Economista Especialista em Administração Financeira e Relações Políticas e Sociais em Mato Grosso - [email protected]