Geral

Várzea Grande: adquirido equipamento que vai melhorar abastecimento de água para 50 mil habitantes

O Departamento de Água e Esgoto de Várzea Grande – DAE –  anunciou que aproximadamente R$ 1 milhão serão investidos para adquirir um Buster –  pressurizador que vai aumentar em 100 vezes a pressão da água servida para cerca de 50 mil habitantes que enfrenta problema de falta de pressão que impedia o abastecimento de caixas d’água em residências, comércios e indústrias.

O Buster e as redes custaram pouco mais de R$ 500 mil. A outra parte do investimento será para reforçar a rede já existente. “Estamos conseguindo investir recursos próprios ou de parceiros na melhoria dos serviços prestados pela entidade”, explicou o presidente ricardo Araújo Azevedo. Os residenciais ao logo da Rodovia Mário Andreazza que enfrentavam dificuldades no abastecimento das casas com uma média de 6 horas/dia, após a instalação do  equipamento, este tempo será reduzido para 2 horas, ou seja, 4 horas a menos de serviço.

A prefeita Lucimar Sacre de Campos disse que, até concluir seu mandato, deixará uma "Várzea Grande muito melhor. Agora todo o investimento demanda responsabilidade e correta aplicação de nossa parte enquanto gestores, mas também que a população saiba que são altos os custos de captação, tratamento e distribuição de água”. Ela acrescentou que o município pratica tarifas de baixo valor em relação a outras cidades de Mato Grosso e trabalha para que todos sejam servidos com água de qualidade e coleta de esgoto funcional.

Também foi confirmado reajuste salarial para os servidores públicos do DAE de 6,81% "além de conceder para todos os demais servidores 20% para aqueles de nível superior e 15% para os de nível médio". A informação é da assessoria da prefeitura.