Geral

Trio é condenado por assassinato em Guarantã do Norte

O Tribunal do Juri da Comarca de Guarantã do Norte começou ontem a primeira sessão de julgamentos desta temporada. 3 réus foram julgados por homicídio, ocorrido em janeiro do ano passado. Os três foram considerados culpados pelos jurados após ouvirem, por várias horas, os argumentos da promotoria e do advogado de defesa.
Jair Vargas foi condenado a 12 de reclusão, Valdemir Krupinski também pegou 12 anos e o irmão dele, Alexandro, pegou pena maior: 14 anos. Ele confessou o homicídio, com 19 facadas.

As sessões do tribunal do júri prosseguem esta semana em Guarantã do Norte.