Geral

Técnicos da Empaer do Nortão são capacitados para atender assentamentos

Termina hoje a jornada de três dias de treinamento para os técnicos da Empaer de Mato Grosso. Ao todo 75 técnicos de Sinop, Juína e Alta Floresta estão recebendo capacitação para elaborar projetos que atendam a agricultura familiar do Estado. Esses vão determinar a forma e para quem implantar a 1ª linha de financiamento para o pequeno produtor de assentamentos rurais.

“Estamos trazendo instrumentos para os técnicos trabalharem seus projetos e elaborarem o cronograma do ano para os assentamentos de cada região. Finalizado o cronograma vamos por na balança e ver as metas alcançadas ou não. E finalmente questionar soluções para aqueles projetos que não forem realizados”, disse ao Só Notícias, a coordenadora estadual de Planejamento, Ana Maria Sales Martinelo.

Esse financiamento serve para auxiliar no plantio, safra, construção das casas, manutenção geral das terras e para o subsídio como um todo das famílias devidamente cadastradas pelo Incra (Instituto Nacional da Reforma Agrária), através das normas exigidas para cada uma. Sendo elas: não é permitido aos assentados que sejam funcionários públicos, pessoas jurídicas, aposentados, pensionistas ou proprietários de terras que já tenham sido doadas em financiamentos anteriores.

Cada família, das mais de 500 que receberão o financiamento, terão uma carta de crédito que pode chegar a até R$ 15 mil. E tem ainda a carta de custeio, R$ 3 mil, para a safra, essa é paga quando os produtores terminam a colheita, esses valores são de recursos do MDA e Reforma Agrária. “Os técnicos sairão daqui já trabalhando. A partir do momento que o Incra divulgar a lista dos assentamentos que foram vistoriados por ele, nosso pessoal vai até o local para dar toda a assistência necessária aos assentados. Queremos ver os pequenos produtores se transformarem em grande agropecuários”, salientou Ana.

Estavam presentes, além de Ana Maria, a coordenadora regional de Sinop, Selma Prado e o coordenador de Juína, Neucir Paravizzi. Mato Grosso é dividido em 9 regiões, sendo Sinop, Juína, Alta Floresta, Barra do Bugre, Barra de Garças, São Félix do Araguaia, Rondonópolis, Cáceres e Cuiabá. Ao todo são 126 escritórios da Empaer, com 400 técnicos de campo e 163 de pesquisas e gerenciamentos espalhados por todo o Estado.