Geral

Sinop teve mais de 1,1 mil acidentes no 1º semestre; falta de atenção e excesso de velocidade entre os principais fatores

O primeiro semestre teve, novamente, um alto número de acidentes de trânsito: 1.113 ocorrências o que representa 4,7% a mais que o igual período do ano passado quando aconteceram 1.063 ( no primeiro semestre de 2017 aconteceram 1.239). O balanço é da secretaria municipal de Trânsito e Transporte Urbano e foi divulgado hoje. Mas o número de acidentes é maior porque não está inserida a quantidade de casos considerados pequenos e que houve acordo entre as partes e não foram registrados boletins de ocorrência.

Do total dos 6 meses deste ano, 658 acidentes foram com danos materiais sem vítimas. Em 455 houve algum tipo de lesão corporal. O número de casos com ferimentos é inferior ao período anterior, porém ainda é alto o número de vítimas. “Não é a falta da sinalização, de manutenção de veículos, mas, sim, a questão de ser humano. Esse é o ponto que, por mais que a pessoa tenha formação na auto-escola, campanhas sejam realizadas, o fator humano e a consciência no trânsito sempre serão determinantes para ocorrências dessa natureza”, alerta o guarda civil Alessandro Silva Oliveira, da área de Planejamento Estratégico e Estatístico da secretaria. “O risco continua crescente porque o número de acidentes nos quais não ocorrem vítimas continua alto e vem aumentado cada vez mais. Isso leva ao risco de ocorrer o acidente com vítima”, acrescenta.

O alerta é para maior atenção e cuidado nas vias. A palavra de ordem é consciência, visto que a maior parcela dos casos é provocada por fatores humanos, sejam eles a falta de atenção, excesso de velocidade, desrespeito às normas e leis, e não por fatores de ordem mecânica, com veículos.

Não foi inserido neste balanço a quantidade de pessoas que faleceu em acidentes nas vias do perímetro urbano de Sinop no semestre. Só na semana passada foram 3 vítimas fatais, dentre elas duas mulheres que estavam em uma moto e se envolveram na colisão com ônibus, na rua João Pedro de Carvalho.

Sinop tem uma frota de veículos calculada em 118.612 unidades, segundo o Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

Só Notícias (foto: Só Notícias/Cleber Romero/arquivo)