segunda-feira, 27/maio/2024
PUBLICIDADE

Sinop: sindicância que apura morte de criança será feita pelo CRM

PUBLICIDADE

A Secretaria de Saúde de Sinop concluiu, na semana passada, a sindicância que apura se houve negligência médica no atendimento realizado a uma criança, de 1 ano e dois meses, que morreu em janeiro. Ao Só Notícias, a assessoria da prefeitura informou que por se tratar de óbito foi recomendado por membros da comissão que o procedimento seja encaminhado a Comissão de Ética do Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso (CRM-MT), que ficará responsável por avaliar a situação. O teor da conclusão não foi informado. O documento será encaminhado ainda esta semana.

A suposta negligência denunciada pelos pais no atendimento prestado pelo médico (identidade não revelada), conforme Só Notícias já informou, ocorreu no dia 8 de janeiro em um posto de saúde do bairro Maria Vindilina.  A mãe teria pedido a internação. No entanto, o médico teria receitado um remédio e a liberou. À noite, a criança passou mal novamente e faleceu no caminho do PA.

Outro lado
O diretor da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), Thiago Abreu, disse, na época, que o atendimento foi feito por um especialista e no “entendimento do mesmo, não foi necessária a internação”. Afirmou ainda que a criança chegou “desnutrida, com infestação parasitar, uma verminose. Tanto em cavidade oral – boca, esôfago – e na traqueia, na entrada dos pulmões. A provável causa do óbito é de uma aspiração de conteúdo de vômito bem como dos vermes”.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Duas carretas tombam em trechos distintos de rodovia estadual em Sorriso

Dois tombamentos de carretas foram registrados, em menos de...

Apostadores de Cuiabá e Sinop ganham prêmios na loteria

O apostador de Cuiabá foi contemplado, no final de...
PUBLICIDADE