Geral

Sinop: distanciamento para prevenção ao Coronavírus não é respeitado em filas em frente a bancos

Autoridades médicas e políticas vêm reforçando diariamente a necessidade de haver distanciamento mínimo entre as pessoas para enfrentamento ao Coronavírus. Em Sinop, mesmo com insistentes orientações e decretos, foram constatadas, esta semana, principalmente na parte externa de agências da Caixa Econômica e Banco do Brasil, aglomerações de pessoas esperando atendimento, muitas ainda sem máscaras de proteção.

A situação tomou proporções ainda maiores nos últimos após a liberação do auxilio emergencial de R$ 600 pago pelo governo Federal. O diretor regional do Sindicato dos Bancários de Mato Grosso (SEEB), Marcos Saltarelli, explicou que as agências tem orientado as pessoas para que seja mantido espaço mínimo de 1,5 metro de uma da outra.  “É muito difícil as pessoas respeitarem, só se uma força policial intervir porque é complicado você manter as pessoas a força. No autoatendimento não estamos deixando entrar muita gente para não haver contaminação do ambiente. Estamos conseguindo controlar esse ponto”, ressaltou, ao Só Notícias.

“Agora não podemos mandar nas pessoas no lado de fora, os funcionários todos estão com máscaras e as normas do ministério da Saúde estão sendo cumpridas corretamente na parte interna. A população também tem que se conscientizar e fazer por si. Não há como obrigarmos, fora da agência é espaço público”, acrescentou.

Conforme o diretor, ainda é realizada a assepsia antes da entrada no local. “Também acredito que até a próxima quarta-feira vai normalizar o fluxo, é que acumulou tudo, começo de mês, reabertura do comércio, incentivo do governo. É um trabalho que começou ser feito agora, é tudo muito novo mas acredito que melhorará cada vez mais”, ressaltou.

Ainda de acordo com Saltarelli, buscando diminuir os riscos, as instituições estão atendendo primeiro pessoas no grupo de risco. “Das 9h às 10h priorizamos os idosos, e depois o público geral”. “Outra ação que fizemos foi pedir para as instituições financeiras colocarem sinalizador de metragem, na parte externa, para se manter o distanciamento, mas estamos esperando autorização da prefeitura”, completou.

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: reprodução)