Geral

Sine em Sinop deixará de atender cerca de 250 pessoas

Por decisão do Governo de Mato Grosso, os 17 postos do Sine (Sistema Nacional de Empregos) no Estado estarão fechados durante todo o dia de hoje. Em Sinop a unidade também estará de portas fechadas deixando de atender cerca de 250 pessoas que procuram emprego todos os dias e ainda a média de 30 trabalhadores que buscam o seguro desemprego.

Segundo o coordenador da unidade, Alcides Shimizu, o governo não passou previsão de retomada do funcionamento. “Só o que sabemos por enquanto é que não devemos trabalhar nesta segunda-feira, por enquanto não nos foi passada nenhuma ordem de retomada dos trabalhos na terça-feira e por isso não sabemos quando abriremos as portas novamente”, disse ao Só Notícias.

Só Notícias apurou que os 7 funcionários da unidade em Sinop atendem, por mês, cerca de 3,8 mil pessoas e ainda 1.080 que procuram informações por telefone. Como Só Notícias já informou, o Governo do Estado decidiu fechar as unidades porque o Governo Federal não está repassando os recursos financeiros para a manutenção das unidades, desde o mês de abril.

Esses recursos somam um total de R$ 1,4 milhão, divididos em 4 parcelas de R$ 280.275. O repasse foi decidido em um convênio feito entre a Secretaria de Estado de Trabalho, Emprego e Cidadania (Setec) e o Governo Federal, no mês de março. Em Sinop os custeios com funcionários são de responsabilidade da Prefeitura Municipal.

Pelo não cumprimento do convênio, a Setec já acumula um débito de mais de R$ 45 mil com empresas prestadoras de serviço, para manter as 17 unidades funcionando e empregando cerca de 10 mil trabalhadores desde janeiro. Além de Sinop, as demais unidades que estarão fechadas são Jaciara, Rondonópolis, Várzea Grande, Primavera do Leste, Sapezal, Tangará da Serra, Diamantino, Cáceres, Alta Floresta, Água Boa, Barra do Garças, Alo Araguaia, Guarantã do Norte, Sorriso e Cuiabá com duas unidades.