Geral

SEMA inicia investigações para identificar responsável por matar arara e ferir papagaio com tiros em Sinop

O diretor da Unidade Desconcentrada de Sinop da secretaria de Estado de Meio Ambiente, Gabriel Conter de São José confirmou, há pouco, ao Só Notícias, que os servidores já começaram investigação prévia dos casos em que uma arara foi morta e um papagaio ferido após serem atingidos por tiros. Ambos foram encontrados em locais próximos, na lateral da BR-163, nas proximidades do bairro Camping Clube.

“Começamos uma apuração já, fizemos alguns levantamentos, mas como não é uma competência da SEMA agora vamos comunicar o Ministério Público e a Polícia Civil para darem continuidade”, informou.

De acordo com o diretor, os órgãos competentes devem ser comunicados já na próxima semana. “Vistoriamos o local, as casas próximas onde foram encontrados, conversamos com moradores, mas chegar ao autor é um serviço bem difícil”, completou Gabriel.

Conforme Só Notícias já informou, o papagaio foi localizado, na última segunda-feira, por um morador. Ele foi encaminhado para o Setor de Animais Silvestres do Hospital Veterinário da Universidade Federal de Mato Grosso, onde recebeu curativo, passou por exame radiográfico e segue estável.

Já a arara foi encontrada no dia 6. Chegou a ser levada ao Hovet por servidores da SEMA, mas acabou morrendo com hemorragia aguda. O tiro atravessou o corpo do animal, rompeu o pulmão e a artéria aorta. Ela estava voando, provavelmente em casal, e quando foi atingida pelo disparo acabou sofrendo queda.

Só Notícias/Luan Cordeiro (fotos: divulgação e reprodução)