quarta-feira, 17/julho/2024
PUBLICIDADE

Secretário estadual garante recuperação emergencial de ponte em Cuiabá

PUBLICIDADE

Em reunião, ontem, o secretário de Estado de Transporte e Pavimentação Urbana (Setpu), Arnaldo Alves, prometeu ao setor de transportes realizar ações emergenciais para manutenção da rodovia Imigrantes (MT-407), em Cuiabá e Várzea Grande. A reunião integra uma agenda de encontros definidos entre o Sindicato das Empresas de Transportes de Cargas (Sindmat). A agenda conta com o apoio do primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, deputado Mauro Savi (PR), comprometido a apoiar os transportadores nas questões relacionadas ao setor.

Na ocasião, o Sindmat, representado pelo secretário-executivo Gilvando Alves de Lima, levou ao secretário Arnaldo a preocupação dos transportadores com a deterioração da rodovia e também da ponte Juscelino Kubitschek, sob o rio Cuiabá. Por lá, trafegam diariamente centenas de carretas carregadas de grãos e outros produtos, além de carros de passeio. E tem aumentado o número de pedestres e ciclistas, sendo que praticamente não há acostamento para este trânsito.

Diante desta situação, há caminhoneiros que ameaçam fechar a rodovia. “Se os caminhoneiros resolverem parar o trânsito na Imigrantes, podemos dizer que Mato Grosso também para, pois esta rodovia é a principal via de ligação entre as regiões Sul e Norte de Mato Grosso”, explica Gilvando Alves de Lima.

O secretário Arnaldo Alves afirmou que a recuperação emergencial da cabeceira da ponte deverá ser feita neste final de semana, no período noturno, uma vez que será necessária a interdição total da via. Segundo Lima, o secretário Arnaldo Alves ouviu todas as considerações e ponderou que uma licitação está em andamento para se construir uma via alternativa para que seja possível a recuperação total da rodovia. Emergencialmente, o secretário destacou que manterá uma frente de trabalho para atuar na manutenção da pista.

Ainda quanto à ponte, Lima destacou que a Secretaria se comprometeu a estudar uma forma de reformar rapidamente toda a estrutura. Uma opção seria realizar uma nova camada de concreto betuminoso usinado a quente (CBUQ), um tipo de revestimento asfáltico usado em locais de intenso movimento. “Segundo o secretário, há possibilidade de uma construtora utilizar procedimentos e materiais para manutenções urgentes. Esperamos que a secretaria faça isto acontecer para não vivenciarmos mais um bloqueio dos caminhoneiros”.

Segundo o caminhoneiro Edson Miranda, “é possível sentir o caminhão vibrar na ponte com o intenso fluxo de caminhões”. “Do jeito que está nos parece bastante perigoso”, comentou.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Coruja é resgatada em área de risco por morador de Sorriso

O filhote de coruja suindara (tyto furcata), também conhecida...

Justiça do Trabalho em Nova Mutum é a maior em número de novas ações

O Tribunal Regional do Trabalho informou que a vara...

Mulher que estaria embriagada sofre acidente com moto no Nortão

O acidente de trânsito envolvendo uma Honda Bros ocorreu,...

Motociclista é socorrida após colisão com caminhonete em Sinop

O acidente envolvendo Toyota Hilux branca e a Yamaha...
PUBLICIDADE