Geral

Secretária de Estado e outros ‘famosos’ são sorteados e ganham prêmios do Programa Nota MT

Tão logo fez o lançamento do Programa Nota MT, há pouco mais de um mês, o governador Mauro Mendes (DEM) saiu do Palácio Paiaguás e foi até um supermercado nas proximidades para fazer a primeira compra com o CPF na nota. Ele queria dar o exemplo e estimular outros cidadãos a fazer o mesmo. O incentivo deu certo até dentro de “casa”: o primeiro sorteio revelou a secretária de Estado de Meio Ambiente, Mauren Lazaretti, como uma das ganhadoras de um dos mil prêmios de R$ 500.

Além da secretária, outros “famosos” de Mato Grosso foram sorteados como prêmio de R$ 500. Um deles é o jornalista e ex-deputado federal Lino Rossi, que ficou na Câmara Federal de 1999 a 2007. O atual presidente da Federação do Comércio de Mato Grosso, José Wenceslau de Souza Junior, que ficou em destaque no mês passado durante as discussões para a votação dos incentivos fiscais, também foi contemplado com R$ 500.

Conforme Só Notícias já informou, o primeiro sorteio do Programa Nota MT foi feito na quinta-feira (8), na secretaria de Fazenda (Sefaz), baseado no resultado da Loteria Federal, e 983 pessoas contempladas com mil prêmios de R$ 500 (teve quem ganhou com mais de um cupom) e cinco prêmios de R$ 10 mil.

No total, 45.700 consumidores concorreram às premiações, com 424.675 bilhetes eletrônicos, com base nas notas fiscais emitidas até 31 de julho. A lista dos ganhadores é preliminar e segue, agora, para auditoria da Controladoria Geral do Estado (CGE). O resultado pode ser conferido no site ou aplicativo do Programa Nota MT.

O secretário de Fazenda, Rogério Gallo, explicou que os prêmios sorteados serão creditados na conta bancária dos ganhadores, conforme o número do bilhete premiado. “Quem ainda não completou o cadastro na Nota MT, com os dados bancários, deve informar os dados até o dia 13 da próxima semana, para que receba o prêmio que será pago no dia 15 de agosto”.

Além do prêmio em dinheiro a ser recebido, os ganhadores vão ajudar financeiramente uma entidade filantrópica. Isso porque ao fazer o cadastro a pessoa escolhe uma instituição para receber 20%, que será calculado com base no valor do prêmio a ser recebido pelo consumidor que fez a indicação.

Aqueles que não se cadastraram a tempo de participar do primeiro sorteio da Nota MT podem fazer o cadastro, pelo site ou aplicativo, e participar dos outros sorteios mensais e, também, dos especiais. Ao longo deste segundo semestre de 2019 serão realizados mais quatro sorteios mensais, com prêmios de R$ 500 e R$ 10 mil e dois especiais, com prêmios de R$ 50 mil.

Os cadastros realizados até o final de cada mês permitem a participação nos sorteios dos meses seguintes. Uma vez feito o cadastro, ele valerá para todos os próximos sorteios e todas as notas emitidas com o CPF do consumidor irão automaticamente para o seu banco de dados.

Os bilhetes eletrônicos, participantes dos sorteios, são gerados conforme o número de notas fiscais emitidas com o CPF do consumidor. Dessa forma, cada nota fiscal gera dois bilhetes, um para o sorteio mensal e outro para o sorteio especial, independente do valor da compra. Essa metodologia aumenta a chances dos participantes, que podem ganhar em um mesmo sorteio mais de um prêmio.

 

Só Notícias/Marco Stamm, de Cuiabá