Geral

Relatório dos prejuízos causados com alagamento no Nortão deve ser concluído hoje

O coordenador da Defesa Civil, Dionaldi de Souza, confirmou, ao Só Notícias, que o relatório apontando os prejuízos causados e quantas pessoas ficaram desabrigadas após a forte chuva que atingiu a região de Guarantã do Norte (233 quilômetros de Sinop), deve ser concluído nesta quinta-feira. A enxurrada alagou ruas, avenidas e invadiu diversas casas, ontem de madrugada.

“As secretarias estão fazendo seus próprios levantamentos para concluírmos o relatório e decretar estado de emergência. O número de pessoas atingidas está na fase de levantamento pela secretaria de Assistência Social. Ainda é prematuro apontar alguma informação”, disse.

Segundo Souza, essa é a segunda vez que ocorre alagamentos em Guarantã. “Em 2013, teve mas não com a mesma proporção. Esse ano, o alagamento foi maior. Vamos lançar essas informações do desastre no sistema do Ministério da Integração Nacional, que deve fazer o reconhecimento do estado de emergência”.

Conforme Só Notícias já informou, os bairros mais atingidos foram o Aeroporto, Santa Marta, Setor Comercial e o Cotrel. Além do alagamento das ruas e avenidas, um rio também transbordou e a água invadiu a BR-163, no perímetro urbano de Guarantã.

Na semana passada, mais de 15 pontes foram danificadas com as fortes chuvas. Na estrada que dá acesso a comunidade rural Vale do 15, a cerca de 90 quilômetros da cidade, Vanderlei José Franco Bechi, de 37 anos, morreu após ‘rampar’ a cabeceira, passado em buraco e cair do outro lado, com uma moto.

(Atualizada às 08:48h)

Veja o vídeo