Geral

Reitora da UFMT recebe alta do hospital e fará tratamento em casa

 A reitora da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), professora Myrian Serra, recebeu alta hospitalar, hoje. Segundo informações da assessoria de imprensa da instituição, a continuidade da reabilitação será em tratamento médico domiciliar com acompanhamento da mesma equipe clínica e neurocirúrgica, coordenada pelos médicos Márcio Paes e Giovani Mendes.

Ela está acordada, consciente, conversando e andando com auxílio. Segundo o neurocirurgião que acompanha o caso desde o início, as tomografias seriadas realizadas não mostraram lesões significativas no tecido cerebral. “Isso dá uma grande chance de recuperação total. A evolução favorável e progressiva que a professora Myrian tem apresentado nos dá essa expectativa”, explica o médico Giovani Mendes.

Sobre o atendimento domiciliar, o médico afirma que as melhoras serão ainda mais significativas. “A partir de agora vamos fazer um acompanhamento a longo prazo. Estamos otimistas com a evolução da paciente”.

Myrian sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) em consequência de um aneurisma cerebral prontamente embolizado no dia 10 de dezembro. Ela estava no Teatro Universitário quando passou mal. Após os primeiros socorros recebidos de médicos presentes no local e das equipes do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), ela foi levada para um hospital particular, onde permaneceu na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) até o dia 3 deste mês.