Geral

Reforma da cadeia de Peixoto de Azevedo ainda não começou

A informação foi confirmada pelo secretário Municipal de Administração de Peixoto de Azevedo, Edmar Heller. Segundo ele, o projeto está pronto e passando pela análise jurídica para que o Estado regularize todos os tramites legais.
“Esse processo é um pouco demorado, ainda não sabemos quando as obras começam. Está tudo pronto é só dar o ponto de partida”, disse ele, ao Só Notícias. A reforma da cadeia foi definida no mês passado, pelo secretário Estadual de Segurança, Celio Wilson. Ele visitou as dependências das 4 celas que hoje abrigam 37 detentos e definiu a parceria com a Prefeitura de Peixoto de Azevedo e os investimentos de cerca de R$ 138 mil.

Hoje, a cadeia está em estado lastimável. Todas as paredes têm infiltração, a rede elétrica e hidráulica precisa ser trocada e todas as barras de ferro estão se desprendendo por causa da umidade. A cadeia também atende as cidades de Guarantã do Norte, Novo Mundo, Matupá e Terra Nova do Norte. Assim que iniciada, a reforma deve ser concluída em aproximadamente 3 meses, a mão-de-obra será dos próprios presos.

O secretário anunciou também a destinação de uma viatura policial para Peixoto e a provável construção de um presídio no município. Só neste ano foram duas fugas e uma tentativa registradas na cadeia peixotense.