Geral

Reforma da cadeia de Lucas do Rio Verde está atrasada

Estava marcado para o último dia 20 o início da reforma na cadeia de Lucas do Rio Verde, mas até o momento as obras nao começaram. Engenheiros da prefeitura estiveram no local, mês passado, e apuraram todos os problemas da estrutura da cadeia e todo material que seria utilizado para as obras, mas os trabalhos ainda não foram iniciados.

A reforma será feita pela prefeitura e a mão-de-obra, além dos servidores municipais, será dos próprios detentos, pois alguns são pedreiros. Os pontos mais críticos estão no teto, entrada de ar, forro, barras de ferro, alarme e muro. Mas segundo o diretor, Eduardo Fonseca Vilela, a necessidade mesmo é da construção de uma nova cadeia no município, pois o prédio atual “está localizado no centro da cidade e isso é muito perigoso. Temos um supermercado na frente da cadeia e a rodoviária fica a 100 metros daqui. Se houver uma fuga os detentos vão para onde tem mais gente e colocam a vida de outras pessoas em risco”.

A reforma está prevista para ser realizada em um mês e custará em média R$ 5 mil. O muro será aumentado em 1,5m e alarmes e arames serão reforçados. Hoje a cadeia tem 55 detentos alojados em 6 celas, mas a capacidade é para apenas 45. 10 agentes carcerários e 3 soldados da Polícia Militar trabalham na segurança e apenas uma viatura está disponível.