Geral

Protesto trabalhadores:mais de 2 mil já estão protestando na frente do Ibama

Mais de 2 mil pessoas já estão mobilizadas em frente ao Ibama de Sinop. São trabalhadores da indústria madeireira, empresários, sindicalistas e comerciantes que estão indignados com a situação provocada pelo Ibama que acentuou o desemprego na região nos últimos meses. A crise está refletindo no comércio e aumentando os índices de violência (roubos e furtos).

Neste momento, os trabalhadores estão concentrados na frente do órgão, onde está um caixão preto, simbolizando a morte do setor madeireiro, com a Operação Curupira. Um caminhão de som foi instalado e os trabalhadores estão dando seu depoimento, falando sobre a situação que se encontram e fazendo duras críticas ao Ibama e à política ambiental do governo federal.

Muitas mulheres e adolescentes também estão no local, batendo panelas e exigindo uma providência do Ibama. A situação das indústrias madeireiras está ficando insustentável desde que foi deflagrada a Operação Curupira, que culminou com a prisão de dezenas de pessoas acusadas de envolvimento em corrupção.

Desde então, o Ibama passou por intervenção e não está liberando os planos de manejo para as indústrias, que acabam tendo que demitir milhares de trabalhadores.

Mais informações em instantes.