Geral

Presidente do TJ assumirá governo de Mato Grosso

Com o licenciamento do governador Blairo Maggi para a campanha de reeleição, o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador José Jurandir de Lima, deverá assumir o Governo do Estado ao menos por dois meses.

Os substitutos de Maggi seriam, pela ordem, a vice-governadora Iraci França e o presidente da Assembléia Legislativa, deputado Silval Barbosa (PMDB), que decidiram também não vão assumir o cargo para evitar a inelegibilidade. Ele concorre como vice-governador na chapa de Maggi e ela não quer prejudicar a candidatura do seu marido, o ex-prefeito de Cuiabá, Roberto França (PPS), candidato a deputado estadual.

Com isso, Iraci também pretende se licenciar. “O Estado vai praticamente parar neste período eleitoral”, informou um secretário. Em razão disso, Maggi comunicou a sua intenção de se licenciar a partir do próximo mês para que possa viajar em campanha por todo o Estado, segundo o jornal A Gazeta. Apesar da possibilidade do Supremo Tribunal Federal (STF) flexibilizar as restrições impostas, Maggi está disposto a se dedicar à campanha.