Geral

Prefeitura de Sorriso assina convênio para castração e chipagem de cães e gatos

O convênio com a Associação dos Protetores de Animais Focinhos Carentes de Sorriso terá validade até fevereiro de 2020. O termo de colaboração com a entidade foi assinado pelo prefeito Ari Lafin e prevê o repasse de R$ 55,8 mil, durante o período de vigência.

A parceria é resultado de um chamamento público aberto pelo município. O objetivo é a execução do programa de controle populacional de cães e gatos em Sorriso. Por meio do convênio, a entidade terá que prestar serviços de castração de cães e gatos. É exigida a quantidade mínima de 30 esterilizações por mês.

Conforme consta no termo, os animais castrados também terão microchipagem de identificação. Outro objetivo da parceria é o incentivo à adoção de animais em situação de vulnerabilidade, assim como a realização de projeto de educação em posse responsável.

No edital de chamamento, a prefeitura justificou que “o projeto visa a criação de uma política pública voltada ao controle de zoonoses e à promoção do bem estar animal, tanto no que se referem aos animais que se encontram em situação de abandono como aos domésticos que se encontram na posse de pessoas de baixa renda, já que grande parte das clínicas veterinárias do município são utilizadas apenas por cidadãos que possuem melhores condições financeiras”.

A administração aponta ainda que é “sabido que o número de animais em situação de rua, semidomiciliados ou pertencentes à população de baixa renda é muito grande no município de Sorriso. Entretanto, não há um censo ou um número oficial exato da quantidade de animais na cidade, mas ao visitar bairros carentes é visível a grande quantidade de animais vagando pelas ruas”.

A Focinhos Carentes atua em Sorriso desde 2014. Em 2017, foi declarada de utilidade pública pela câmara municipal.

Só Notícias/Herbert de Souza