Geral

Pedreiro morto em violenta colisão no Nortão será sepultado no Pará

Ronivaldo Rocha da Silva, 37 anos, foi velado na capela da funerária São Judas Tadeu, no centro de Matupá (207 quilômetros de Sinop). Durante a noite, foi trasladado para município de Itaituba, no Pará. Ele era pedreiro e garimpeiro, casado e pai de dois filhos.

O trabalhador morreu em um acidente envolvendo uma Suzuki Yes prata, com placa de Sinop, que pilotava, e um caminhão Mercedes Benz 1113 azul, placas de Cáceres, esta manhã, na BR-163, em Matupá. Com o violento impacto, ele teve a cabeça arrancada do corpo. O motorista do caminhão não se feriu, mas estava bastante abalado.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os dois seguiam sentido Guarantã do Norte, quando houve a colisão lateral. Uma equipe da Perícia Oficial e Identificação Técnica de Guarantã do Norte analisou as circunstâncias e deve emitir um laudo apontando as causas do acidente.

(Atualizada às 9h39 – 15/02)