Geral

Pedido de reintegração posse de fazenda invadida por MST no Nortão deve ser feito hoje

Deve ser ajuizada hoje ação de reintegração de posse da Fazenda Continental III, a 60 km de Sinop, invadida no final de semana, pelo Movimento Sem Terra -MST-. Cerca de 60 famílias estão na área, de mil alqueires, que pertence a uma indústria madeireira de Sinop.

Ontem, foi registrado boletim de ocorrência, na Delegacia de Claudia, sobre esbúlio possessório. O próximo passo dos advogados é ajuizar, na Comarca de Claudia, o pedido de reintegração de posse. Os advogados pretendem provar que a área é produtiva e que a indústria madeireira tem projetos de manejo florestal para retirada de matéria prima para atividade madeireira.

A área foi decretada para fins de reforma agrária e decreto foi assinado pelo presidente Lula e publicado no Diário Oficial da União, em 14 de fevereiro de 2005.
Edesmar Neo, integrante do MST na região, esteve na central de jornalismo de Só Notícias e disse que a ocupação foi uma ação preventiva para evitar que a empresa continuasse tirando madeira do local.
A maior parte dos invasores estava em uma colônia de uma madeireira desativada em Sinop.