Geral

Novo papa Bento 16 pede orações em seu primeiro pronunciamento

O cardeal Joseph Ratzinger –eleito nesta terça-feira o novo líder da Igreja Católica– fez sua primeira aparição na sacada da basílica de São Pedro após o fim do conclave e pediu orações ao mundo.

“Queridos irmãos e irmãs, depois do grande João Paulo 2º, os cardeais escolheram a mim — um simples, humilde trabalhador da vinha do Senhor”, disse. “Eu me confio às suas orações”, afirmou o novo papa.

Conservador, o decano dos cardeais foi considerado o “braço direito” de João Paulo 2º nas questões doutrinárias e deve dar continuidade aos trabalhos de internacionalização e rigidez moral do pontificado anterior.

O teólogo alemão foi durante 23 anos o guardião da Congregação para a Doutrina da Fé do Vaticano, órgão que ficou no lugar do antigo tribunal da Inquisição.

O novo papa foi nomeado cardeal em março de 1977, pelo papa Paulo 6º(1963-1978).