Geral

Nortão: placas serão colocadas próximas a ponte em estado critico orientando a passageiros a passarem a pé

A prefeitura de Novo Mundo (300 km ao norte de Sinop) deve instalar, ainda hoje, uma placa orientando os motoristas de veículos pesados a fazer a travessia do Rio Hhandú, na rodovia MT 419, sem os passageiros dentro dos carros. A orientação, que já é feita verbalmente, vai ser formalizada porque a ponte está arqueada, com as madeiras danificadas e é sustentada por apenas três cabos de aço, conforme Só Notícias mostrou na semana passada.

A interdição do local, que era cogitada, foi descartada momentaneamente pela prefeitura porque a rodovia é a ligação mais próxima que o município tem com Carlinda e porque moradores de áreas rurais a usam para chegar até o comércio ou escolas de Novo Mundo.

“A ponte está em uma estrada muito importante para o município. Com o acesso ao porto de Miritituba (PA), os caminhões passaram a utilizá-la como acesso à BR 163. Sem contar que os moradores a usam muito, inclusive com transporte de crianças para as escolas”, explicou o prefeito Antônio Mafini ao Só Notícias, na semana passada.

A ponte fica numa rodovia estadual e há um convênio assinado com a Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra) desde outubro do ano passado para executar a reforma no valor de R$ 418 mil, sendo R$ 400 mil de responsabilidade da Sinfra e R$ 18 mil do município. Em novembro a prefeitura fez a licitação e contratou uma empresa, que, segundo o prefeito, não recebeu nenhum repasse do Estado e não começou os trabalhos.

A situação é crítica desde fevereiro de 2017, quando a Defesa Civil orientou a prefeitura a fazer um projeto para reformar a ponte em parceria com o governo do Estado. Desde então, a prefeitura tem realizado reparos pontuais.

Procurada, desde a semana passada, a Sinfra ainda não se manifestou.