Geral

Mulher assassinada em residência é sepultada em Sinop; marido foi preso

O corpo de Doracy Ribeiro Pacheco, de 58 anos, foi sepultado, neste domingo, às 10h. De acordo com a funerária Luz e Vida, o velório está sendo no pavilhão da igreja católica, no bairro Alto da Glória. Diferente do que foi informado, no sábado, os familiares não anteciparam os procedimentos fúnebres.

Doracy foi encontrada morta por um vizinho com golpes de faca, em uma residência, na rua Paraná, no bairro Alto da Glória, ontem à tarde. Um sargento da Polícia Militar informou, anteriormente, ao Só Notícias, que ela estava ensanguentada em um dos quartos.

O principal suspeito de ter cometido o crime é o marido dela. Uma testemunha contou aos militares que ouviu uma discussão entre a mulher e um homem. Pouco tempo depois, o suspeito saiu da casa e teria tentado se enforcar em uma árvore. O homem evitou que a ação ocorresse e, na sequência, ele fugiu.

Os policiais fizeram as buscas e conseguiram localizá-lo em uma residência abandonada nas proximidades do mesmo bairro. Ele foi preso e encaminhado à delegacia de Polícia Civil para prestar os esclarecimentos necessários. A possível  motivação da morte ainda não foi divulgada.

O local do crime foi isolado e a  Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) fez as análises necessárias das circunstâncias de como ocorreu o assassinato.

(Atualizada às 14h13, em 1º de dezembro, com correção)

Só Notícias/Cleber Romero (foto: Só Notícias/Guilherme Araújo)