Geral

MST invade no Nortão fazenda de uma indústria madeira de Sinop

A invasão foi na sexta-feira à noite e madrugada de sábado. Cerca de 60 famílias que dizem fazer parte do MST – Movimento dos Sem Terra- invadiram a Fazenda Continental, que fica a 60 km de Sinop e está localizada no município de Claudia. Os sem terra fizeram barracos de lona e no sábado começaram a limpar uma parte da área onde ficarão acampados. É provável que mais famílias entrem na fazenda a partir de hoje.

A área é de mil alqueires e pertence a uma indústria madeireira de Sinop. A fazenda não seria improdutiva e a madeireira argumenta que tem projeto de manejo florestal para retirada de matéria prima para a atividade madeireira.
Só Notícias apurou que o INCRA – Instituto de Colonização e Reforma Agrária- teria encaminhado ao Governo Federal pedido de desapropriação desta área para assentamento, mas os integrantes do movimento teriam se antecipado. “Colocaram a carroça na frente dos bois”, disse uma fonte de Só Notícias. Uma parte das famílias que invadiu a fazenda estava em casas de uma colônia de uma madeireira desativada há vários anos em Sinop.

A empresa proprietária deve ajuizar hoje uma ação pedindo que estas famílias sejam despejadas da área. O advogado Luiz Carlos de Negreiros confirmou, em primeira mão ao Só Notícias, que vai ajuizar o pedido de reintegração de posse.