Geral

MP investiga possível irregularidade com elevação de cargo e salário de servidores do Nortão

A 1ª Promotoria de Justiça Cível de Colíder (157 quilômetros de Sinop) converteu um procedimento preparatório em inquérito civil público para investigar se cinco servidores foram beneficiados de forma irregular com elevação de cargo e salário, através de uma portaria publicada em 2016, e que, atualmente, eles ocupam cargos comissionados na prefeitura.

Consta no procedimento que após a autuação da presente notícia de fato, cujo prazo encontra-se extrapolado, “verifica-se a existência de outras medidas a serem realizadas com a finalidade de melhor apurar. Por isso, houve a necessidade de a conversão do presente expediente em inquérito”.

De acordo com a promotora de justiça substituta, Andreia Monte Alegre Bezerra de Menezes, caso seja confirmado, os fatos causam absoluto desrespeito à constituição Federal, indicando, igualmente, a prática de atos de improbidade administrava.

Menezes requereu esclarecimentos dos critérios que foram utilizados para a concessão de elevação de cargo e salário aos servidores. Também cobrou explicações de quais os cargos que eles ocupam atualmente, especificando se são efetivos ou comissionados.

Outro lado
Procurada por Só Notícias, a assessoria informou que se posicionará nas próximas horas.

Só Notícias/Cleber Romero