domingo, 26/maio/2024
PUBLICIDADE

Mortos em acidente com ônibus e caminhão serão sepultados em Nova Mutum, Cláudia e Várzea Grande

PUBLICIDADE
Só Notícias/Kelvin Ramirez, Lucas Torres (fotos: divulgação e Jose de Arimateia)

O motorista do caminhão Mercedes-Benz, Rodrigo Medeiros da Silva, 44 anos, será sepultado esta tarde, às 16 horas, em Nova Mutum. O velório teve início às 7 horas no Memorial Capela 2 irmãos. Já o motorista do ônibus da Novo Horizonte, Reiter Gonçalves da Silva, 54 anos, foi translado para Várzea Grande, sem horário definido para sepultamento. A passageira Matilde Colaco Tavela, 64 anos, será sepultada em Cláudia, esta tarde. O velório teve início esta manhã.

Conforme Só Notícias já informou, os três faleceram ontem, no grave acidente envolvendo o ônibus e o caminhão na BR-163, em Diamantino, próximo ao Posto Gil. A rodovia ficou interditada por cerca de 7 horas com a conclusão do trabalho pericial, que vai apontar as causas do violento acidente. A frente do ônibus e a cabine do caminhão ficaram destruídos. Parte da carga de madeira caiu na pista e acostamento. 

Os bombeiros e as equipes da Rota do Oeste socorreram os feridos. Em nota à imprensa, o hospital de Nova Mutum, informou que 53 pessoas foram atendidas. 15 pacientes permaneceram internados na unidade de saúde, sendo que três pacientes estavam em estado grave, 12 em estado estável e os “demais seguem em observação ou receberam alta”, informou.   

O tenente coronel Fernando Duarte Santana informou ao Só Notícias que “todas as vítimas foram conduzidas com diversas fraturas, cortes contusos, havia pessoas com perfuração no olho, lesão na cervical e lombar. Algumas ficaram presas às ferragens. 

O itinerário do ônibus teve início em Cuiabá com o destino final em Guarantã do Norte. 

O trecho onde ocorreu o acidente é um dos mais movimentados. Há anos está sendo cobrada a duplicação de Posto Gil até Sinop, extensão aproximada de 230 km, onde houve muitos acidentes, ano passado, com mortes (em maio passado 8 morreram entre Sorriso e Sinop em acidente com ônibus). Com o governo do Estado assumindo a concessão, a previsão é de investimentos serem feitos este ano para iniciar a duplicação.

Receba em seu WhatsApp informações publicadas em Só Notícias. Clique aqui.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

PUBLICIDADE