quarta-feira, 17/julho/2024
PUBLICIDADE

Matupá: Sema vistoria cooperativa dos carvoeiros e pode conceder licença

PUBLICIDADE

Os carvoeiros de Matupá estão a um passo para superar a situação de ilegalidade que marcou até hoje a atividade na região. Nenhuma carvoaria pode funcionar sem as devidas Licenças de Operação (LO). A administração [ública, com o apoio da Câmara de Vereadores e Ministério Público, em meados de 2010, criou a Cooperativa dos Carvoeiros, e desde então, está empenhada para que a cooperativa entre em funcionamento.

Essa semana, os técnicos da Secretaria de Estado e Meio Ambiente (SEMA), órgão responsável pela fiscalização, estiveram no município para analisar como está o andamento do espaço destinado a atividade. O engenheiro florestal Edilson Marques, disse que foram analisados vários quesitos, como distância dos fornos com as residências e rodovias e área de preservação. Segundo ele, a área apresenta boas condições para seja liberada essa Licença de Operação.

“A Sema vê com bons olhos essas cooperativas que se organizam e trabalham na legalidade, obedecendo os critérios ambientais podendo produzir um produto melhor e conseqüentemente a comercialização”, finalizou o engenheiro. OUm dos membros da cooperativa apontou que, depois do inicio das atividades, terão muito trabalho. “Estamos na reta final da construção dos fornos, depois disso vamos começar a colher os frutos dessa luta”, disse.

O presidente Emerson Fitipaldi, afirmou que a cooperativa obedeceu todas as orientações dos engenheiros. “Banheiros, refeitório, fornos, tudo ta sendo construído dentro das normas e em bem pouco tempo teremos autorização para trabalhar”, disse ele.

A Secretaria de Indústria e Comercio do município, que esteve à frente das negociações e do cumprimento das exigências, está acompanhando a construção e as vistorias. O secretario Rogério Mena disse que o resultado é satisfatório. “Nos surpreendemos com as obras, ficamos muito felizes em ver o resultado e esperamos muito em breve ter a cooperativa em funcionamento”, finalizou.

Após a liberação dessa licença de operação, a cooperativa de carvoeiros de Matupá estará legalmente apta a vender o carvão produzido pelos seus integrantes, não somente no município, mas também para todo o Estado.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Coruja é resgatada em área de risco por morador de Sorriso

O filhote de coruja suindara (tyto furcata), também conhecida...

Justiça do Trabalho em Nova Mutum é a maior em número de novas ações

O Tribunal Regional do Trabalho informou que a vara...

Mulher que estaria embriagada sofre acidente com moto no Nortão

O acidente de trânsito envolvendo uma Honda Bros ocorreu,...

Motociclista é socorrida após colisão com caminhonete em Sinop

O acidente envolvendo Toyota Hilux branca e a Yamaha...
PUBLICIDADE