Geral

Mato Grosso e Mato Grosso do Sul vão atuar juntos na Piracema 2005/2006

O período de defeso da piracema na bacia do Alto rio Paraguai de 2005/2006, será realizado entre 03 de novembro deste ano e 28 de fevereiro de 2005. A decisão foi tomada em reunião nos dias 11 e 12 deste mês, no auditório da Fundação Estadual de Meio Ambiente (Fema), pelo Grupo Técnico de Trabalho da bacia do Alto Paraguai (GTT), que objetiva harmonizar a gestão dos recursos hídricos de MT e MS, adotando um procedimento único.

A data escolhida em conjunto ocorreu após a confirmação do cruzamento de dados feito pelos dois Estados, no qual técnicos ambientais analisaram os resultados dos estudos de monitoramento da atividade reprodutiva dos peixes.

Segundo o coordenador do GTT, José Oswaldo J. de Mendonça, foram analisados mais de 1.000 exemplares de espécies nos seis meses do período da piracema anterior. Durante este tempo, as pesquisas abrangeram toda a bacia. “A metodologia utilizada e os resultados obtidos reafirmam o que já pensávamos que é de fundamental importância, ou seja, a necessidade de harmonizar as atividades entre os dois Estados”, declara Mendonça.

Esta é a primeira parte das ações do GTT. Estudos e pareceres técnicos estão sendo feitos para a análise da viabilidade de o grupo também atuar na Bacia do Araguaia.

O GTT foi criado através de portaria do Ibama em 29 de janeiro de 2004, e é constituído por técnicos e coordenadores da Fundação Estadual do Meio Ambiente (Fema), Secretaria Estadual de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Sema), Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama), Centro de Pesquisa e Treinamento em Aqüicultura (Cepta), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS).