quinta-feira, 18/julho/2024
PUBLICIDADE

Mais de 90% dos produtos natalinos estão dentro dos padrões em Cuiabá e VG

PUBLICIDADE

Cuiabanos e várzea-grandenses podem adquirir produtos típicos de Natal com certa tranquilidade. O diagnóstico positivo tem base nas fiscalizações realizadas pelo Instituto de Pesos e Medidas de Mato Grosso (Ipem-MT), no início do mês. Das 57.368 unidades de brinquedos e luminárias, menos de 3% apresentaram irregularidades. E dos 94 itens de produtos alimentícios, que são típicos nessa época, como panetones, frutas cristalizadas, espumantes e ameixa seca, mais de 90% foram aprovadas. Apenas 5 marcas de panetones e espumantes foram reprovadas. O trabalho foi realizado por dois setores distintos, o da Avaliação da Conformidade e o de Pré-medidos.

Sessenta estabelecimentos foram visitados durante a Operação Papai Noel, com foco em brinquedos e luminárias (pisca-piscas). Do total citado, 1.609 apresentaram irregularidades. Entre elas, a ausência do Selo do Inmetro (brinquedos). No caso das luminárias, plugues e tomadas fora da padronização estabelecida pelo Inmetro. "O Selo representa que o produto passou pelos testes de qualidade e por isso, tem uma garantia de segurança. O segmento de brinquedos integrou a Operação do Dia das Crianças, o setor está bem monitorado", pontuou Marli do Nascimento, diretora da Avaliação da Conformidade do Ipem.

Por conta da Operação de Natal Peso Certo, ficaram os produtos pré-medidos (produtos que são embalados fora da presença do consumidor) mais consumidos nas festividades de fim de ano (Natal e Réveillon). Os 94 itens compreenderam 1.250 unidades de produtos fiscalizados. Do total de itens, apenas 5 foram reprovados. Sendo 3 marcas de panetones e 2 marcas de espumantes, que representam 65 unidades de produtos.

"O resultado foi bom, tivemos uma aprovação geral de 94,8%. Demonstra que o mercado está atento e o consumidor é quem ganha com isso. Como o produto não é embalado aos olhos do consumidor, ele tem a confiança de que o conteúdo da embalagem está de acordo com a descrição. No caso dos panetones, encontramos variação no peso e dos espumantes, o quantitativo do produto (volume) não era o detalhado", explicou Antônio Daltro, fiscal metrológico da coordenadoria de fiscalização de produtos.

O Instituto de Pesos e Medidas é um órgão delegado do Inmetro e vinculado à Secretaria de Indústria, Comércio, Minas e Energia (Sicme).

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Dados de satélite indicam redução no número de focos de calor em Mato Grosso

Dados do Programa BDQueimadas do Instituto Nacional de Pesquisas...

Homem fica ferido em colisão entre carro e moto em Sinop

Um homem ficou ferido em um acidente no setor...

Coruja é resgatada em área de risco por morador de Sorriso

O filhote de coruja suindara (tyto furcata), também conhecida...
PUBLICIDADE