Geral

Madeira apreendida pelo Ibama pode ser doadas a entidades

Muitas madeiras são apreendidas pelo Ibama, contendo irregularidades, como a falta ou invalidez da Autorização para o Transporte de Produtos Florestais(ATPF). Segundo a analista ambiental Patrícia Gomes Salomão, responsável pela divisão de fiscalização do Ibama em Sinop, as diversas espécies de madeiras que são apreendidas, ficam, na maioria das vezes, no próprio pátio da empresa, onde o proprietário tem responsabilidade pelo lote e pela sua conservação, até ser feita a análise de um procurador, que liberará a madeira para doação ou devolverá ao madeireiro.

Conforme a analista, a ausência de um procurador em Sinop faz com esses processos fiquem parados, e as madeiras que podem ser doadas para entidades sem fins lucrativos, ficam estocadas em pátios apodrecendo.

A analista ainda relatou que contam apenas com 6 fiscais para atender os 31 municípios da região, o que dificulta muito a fiscalização. Não há um número exato de quanta madeira está apreendida, aguardando a liberação.

Patrícia ainda relatou que em outros casos, como na apreensão de pescado, por exemplo, a doação é feita no momento.