Geral

Lideranças de Lucas do Rio Verde fazem mobilização para cobrar duplicação da BR-163

A diretoria do Sindicato Rural de Lucas do Rio Verde está liderando movimento mobilizando lideranças de entidades para reunião, amanhã, às 19h, e discutir com produtores e população medidas para pressionar a concessionária Rota do Oeste a iniciar logo obras de duplicação da BR-163 entre Cuiabá e Sinop, parte do trecho sob concessão. O movimento “Pelas vidas da BR-163; duplicação já” quer discutir ações que pressionem o inicio das obras. Atualmente, entre Nova Mutum e Sinop, há poucos quilômetros duplicados nos perímetros urbanos. Mas fora deles a pista é simples, em alguns locais com pequena faixa de acostamento, e a via tem grande movimento diário de carretas e caminhões carregados.

“É um movimento do povo para ver o rumo que vai ser tomado. O pedido nosso é a duplicação da BR urgente, pelas vidas da nossa região. Ninguém aguenta mais, tantos amigos nossos morrendo na rodovia e todo esse rio de dinheiro que está sendo arrecadado nos pedágios e está fazendo uns tapa-buraco e muito mal feito. Tem trecho com buraco aberto. Não é possível mais uma coisa dessa, dinheiro que esse povo está arrecadando e não está fazendo nada”, criticou o presidente do Sindicado Rural de Lucas do Rio Verde, Antônio Isaac Fraga. Há poucos dias houve acidente na 163, em Lucas, com empresário que residia em Sinop e faleceu. Hoje ocorreu colisão entre carretas, em Sorriso, e um motorista ficou ferido.

Diversas lideranças de entidades em cidades na região tem cobrado há anos as obras para proporcionar maior segurança, redução de riscos de acidentes considerando que centenas de carretas trafegam diariamente e maior agilidade.

Semana passada, o governador Mauro Mendes se reuniu com o presidente da concessionária, no Palácio Paiaguás, e cobrou a obra. Mas a concessionária não se posicionou quando inicia a duplicação no Nortão. Na região Sul, a Rota do Oeste fez mais de 170 km de duplicação entre Cuiabá e Rondonópolis.

Há poucos dias, a prefeita de Sinop, Rosana Martinelli, cobrou do próprio presidente Jair Messias Bolsonaro, celeridade em resolver o impasse no qual se encontra o trecho da rodovia que está sob concessão da concessionária. “Pedimos ao nosso presidente que resolva o impasse da BR-163”. “O trecho que está sob concessão precisa ser duplicado, estamos falando de vidas que estão sendo ceifadas em nossa rodovia”, apontou Rosana. “Inclusive, (pedimos apoio) nas obras de travessias do município de Sinop (acesso para funcionários que precisam atravessar a via diariamente para ir trabalhar e de clientes para ir as empresas).

Só Notícias/David Murba (foto: Só Notícias/arquivo)