Geral

Licitação para construção de faixas elevadas em Sinop não atrai empresas interessadas

A licitação aberta pela prefeitura para contratar uma empresa especializada em implantação de faixas elevadas para pedestres não atraiu interessadas. O custo máximo, conforme o edital de tomada de preços, seria de R$ 26 mil. A prefeitura divulgou um comunicado e apontou que o certame foi declarado “deserto”. As propostas das empresas interessadas seriam recebidas no dia 19 deste mês.

Uma das faixas seria implantada na avenida das Palmeiras, entre os bairros Primaveras e Residencial Norte, em frente a um colégio particular. A outra faixa seria construída na avenida das Itaúbas, no centro, na saída de um supermercado. A terceira faixa também ficaria na avenida das Itaúbas, porém, no Jardim Botânico, em frente a uma igreja evangélica.

O prazo para início das obras seria de até dez dias após o recebimento da ordem de serviços. De acordo com o secretário de Obras, Lúcio Silva, os recursos para implantação das faixas são da prefeitura. A implantação e os locais das faixas, no entanto, foram determinados por emendas impositivas dos ex-vereadores Roger Schallenberger (PR) e Edilson Ribeiro, o "Ticola" (PMDB). 

Também estava incluída na licitação a implantação de sinalização vertical de trânsito. O prazo para execução seria de até 30 dias.