Geral

Juiz baleado em Sinop sai da UTI

O juiz criminal César Bassan, 63 anos, deixou, no final de semana, a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) de um hospital em Cuiabá, onde estava internado desde a última terça-feira, após ser baleado em Sinop. Segundo A Gazeta, Bassan continua internado no hospital da capital e passará por uma série de exames esta semana, para medir a extensão do ferimento do tiro que atingiu a coluna. Desde terça-feira, o juiz perdeu o movimento nas pernas e corre riscos de ficar tetraplégico.

Bassan foi atingido após um desentendimento no trânsito na praça Plínio Callegaro em Sinop. Ele conduzia a caminhonete S-10 e acabou sendo fechado por outra caminhonete, conduzida por Sérgio Muller, e colidindo na parede de uma panificadora. Sérgio ainda disparou cinco tiros contra a caminhonete de Bassan. Um deles atingiu a coluna do magistrado.

Sergio e outros dois envolvidos, Fábio Tavares Toledo e Cleiton Lopes dos Santos, foram presos no mesmo dia, após investigações da polícia. Sergio se entregou e confessou ter atirado. Os três estavam embriagados. O juiz foi socorrido e no mesmo dia transferido para Cuiabá, em um helicóptero da Polícia Militar.