Geral

Jovem vai novamente a júri acusado de homicídio em Sinop

Diogo de Souza Schemberg, 23 anos, irá novamente a júri popular acusado de homicídio em Sinop. O julgamento do assassinato de Robílson Pereira da Silva, 46 anos, será no próximo mês, no dia 14. Por este crime, o acusado responde ação penal por homicídio qualificado, cometido por motivo torpe e mediante recurso que dificultou a defesa da vítima.

O crime ocorreu em um bar, no bairro São Cristóvão, no dia 15 de junho de 2015. Robilson estava no estabelecimento, quando foi atingido por tiros e faleceu no local. O réu, por outro lado, foi preso em outubro daquele ano, em uma operação conjunta entre policiais do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos (Derf).

No ano passado, Diogo foi condenado a 13 anos de prisão por assassinar, a tiros, Luiz Oliveira Caldas, 37 anos, em 16 de junho de 2014, no bairro Alto da Glória. Os jurados entenderam que ele foi o autor do homicídio, cometido por motivo torpe e mediante recurso que dificultou a defesa da vítima.

Diogo também foi sentenciado a mais um ano de prisão por corrupção de menor, totalizando uma pena de 14 anos de reclusão. O réu continua preso no presídio Osvaldo Florentino Leite, o “Ferrugem”.

Só Notícias/Herbert de Souza