Geral

Infraero deixa pista fechada até sexta-feira para investigar acidente com avião da TAM

A Infraero informou que a pista principal de Congonhas ficará fechada até o dia 20, para que a Polícia Federal (PF) possa realizar o inquérito do acidente. Depois disso, serão feitas as ranhuras na pista para melhorar o escoamento de água. Neste período, a pista não funcionará quando chover.

Se a perícia do acidente não indicar que o motivo foi a água na pista, ela reabrirá normalmente, mesmo com chuva. O comandante de acidentes de vôo do Cenipa, brigadeiro Kersul Filho, explicou que, quando ocorre aquaplanagem, a pista fica com marcas. “Na pista principal de Congonhas não há nenhum sinal. Mas não podemos analisar um fato isoladamente”, afirma. “Eu sustento agora que a pista é boa”, afirmou o superintendente.

Kersul Filho diz que a média mundial de tempo de investigação de um acidente dessas proporções é de 18 meses. “Neste caso, imaginamos que leve em torno de 10 meses. Mas deixo claro que não há necessidade de término das investigações para que sejam tomadas novas medidas de segurança”, afirma.

A informação é do portal Terra.