Geral

Índios atacam pousada no Nortão e turistas podem estar reféns

Uma pousada em Apiacás, extremo norte do Estado, foi atacada ontem por índios da aldeia Muruvi. O proprietário, Ari Carneiro, ficou ferido com uma flechada na perna. Ele contou que foram cerca de 20 índios que o atacaram, assim que um avião da Funai, que trazia mantimentos para a aldeia pousou na pista de pouso da fazenda.

Além da flechada, ele levou uma paulada na cabeça e ficou inconsciente, só vindo a acordar quando já no avião vindo a caminho de um hospital em Alta Floresta. Os funcionários da Funai teriam relatado que os índios roubaram barcos da pousada. Três funcionários teriam sido jogados no rio Teles Pires e pelo menos um pode ter se afogado.

Segundo o proprietário da pousada, dois turistas do Rio Grande do Sul estavam hospedados no local e podem estar como reféns dos índios. Agora cabe à Funai e Polícia Federal o resgate dos mesmos.