Geral

Hospital Regional de Rondonópolis reabre na 2ª mais 13 leitos pessoas com casos não infectocontagiosas

O Hospital Regional de Rondonópolis, que atende pacientes de 19 cidades na região Sul, reabre, a partir de segunda-feira (30), 13 leitos de enfermaria para o tratamento de doenças não infectocontagiosas. Anteriormente, estes leitos estavam direcionados para pacientes em tratamento da Covid e, com a forte queda no número de internação, o espaço passou por obra para melhorias e adaptações estruturais.

A unidade passa a contar com o total de 133 leitos, entre enfermarias e UTIs. No último dia 18, também foram reabertos 24 leitos clínicos, temporariamente suspensos em 13 de maio. Isto é, em cerca de 15 dias, o Hospital Regional de Rondonópolis reabriu mais de 30 leitos clínicos.

“É importante ressaltar que, neste ano, não houve fechamento de leitos de UTI no Hospital Regional de Rondonópolis. O hospital precisou suspender alguns leitos clínicos, mas que já estão sendo reabertos. Os leitos de UTI, que eram destinados ao atendimento da Covid-19, foram suspensos em 2021 e passam por readequação. O intuito é que esteja disponível uma nova especialidade em Terapia Intensiva, que melhor atenda toda a região”, disse a secretária estadual de Saúde, Kelluby de Oliveira.

A unidade hospitalar passa por melhorias e ampliações desde 2019, com o objetivo de ofertar um serviço moderno e de qualidade à população. Já foi investido o montante de R$ 3 milhões, que inclui reforma do Pronto Atendimento, da recepção e fachada, além da construção de novos leitos de enfermaria e UTI. Atualmente, a modernização da estrutura avança por outros setores e, nos últimos dois anos, foram destinados R$ 7,4 milhões na compra de equipamentos para unidade de saúde.

Só Notícias