Geral

Homem é absolvido pelo assassinato de mulher em Sorriso

Ubiratã Maurílio da Silva foi absolvido pelo Tribunal do Júri a CVomarca de Sorriso, na sexta-feira. Ele foi julgado por cerca de 16 horas. Ubiratã disse, em depoimento no júri, que na época do crime, 02 de fevereiro de 2004, ou ele “matava Sandra Mara Passarim ou ela destruiria sua vida”. Dessa forma, a defesa convenceu os jurados de que agiu sobre pressão psicológica e foi absolvido.

O próximo julgamento está marcado para o dia 15 deste mês. Alencar Alberto Bispo é acusado de matar, à facadas, Luiz Carlos Silva de Brito, no dia 14 de janeiro de 1992, em um mercado no centro de Sorriso. A defensora Luciana Decesaro Galeazzi fará a defesa do réu e o julgamento será presidido pela juíza Débora Roberta Pain Caldas.