Geral

Governo decide reativar e criar “batalhões ambientais” em MT

O governo do Estado irá reativar o Batalhão de Proteção à Natureza e a criar o Batalhão de Emergências Ambientais (BEA). Esta são algumas das ações que serão implantadas em Mato Grosso por meio do Programa de Ações de Segurança (PAS), lançado pelo governador Silval Barbosa na semana passada. A reativação e a criação dos batalhões tem como objetivo melhorar a efetividade da repressão aos crimes ambientais em Mato Grosso. O Batalhão de Proteção à Natureza terá sede em Cuiabá e retorna à atividade para coordenar os núcleos ambientais que se encontram nos comandos regionais da Polícia Militar.

De acordo com a assessoria da Secretaria de Segurança Pública, os policiais que atuarão neste batalhão também serão responsáveis por articular e realizar operações de combate a crimes ambientais como desmatamento, pesca irregular, caça indevida, transporte ilegal de madeira, vendas e exportações de animais.

Já o novo batalhão a ser criado vai atender a nova Lei de Organização Básica do Corpo de Bombeiros Militar, publicada no Diário Oficial do dia 26 de novembro de 2009. A unidade será subordinada operacionalmente ao Comando Regional I, localizado em Cuiabá. O Batalhão de Emergências Ambientais vai atuar no combate e controle de áreas com focos de queimadas e ainda conscientizar a população sobre a prática do crime ambiental.

Para a reativação dos dois batalhões, a Sejusp contará com o apoio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) que ajudará na capacitação, treinamento e no fornecimento de equipamentos para os profissionais irão atuar no combate e repressão ao meio ambiente.