Geral

Governo cria Central de Atendimento para tirar dúvidas sobre Coronavírus em Mato Grosso

O governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES) confirmou, esta manhã, que será disponibilizada à população uma Central de Atendimento Covid-19 para facilitar o acesso a informações sobre  vírus e combater a propagação de notícias falsas, O canal de comunicação é gratuito e ficará disponível diariamente, das 07h às 19h, por meio do número 0800 647 1223.

As teleconsultorias serão respondidas por enfermeiros e técnicos de enfermagem treinados para esclarecer dúvidas sobre prevenção, diagnóstico e tratamento do coronavírus em Mato Grosso. O call center para atender as demandas da população sobre COVID-19 está funcionando junto ao Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (CIOSP), da Secretaria de Segurança Pública (Sesp).

“Essa ferramenta vem para auxiliar o cidadão no acesso às informações oficiais relacionadas ao coronavírus. Dessa forma, nós também conseguimos combater as fake news praticadas por pessoas irresponsáveis, cujo intuito é o de causar pânico na população”, pontua o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo.

Além do telefone disponibilizado pela secretaria, a população também conta com as ferramentas tecnológicas oferecidas pelo Ministério da Saúde. Entre elas está o aplicativo “Coronavírus – SUS”, que dispõe de dicas de prevenção, descrição de sintomas, formas de transmissão, mapa de unidades de saúde e até uma lista de notícias falsas que foram disseminadas sobre o assunto. Os aplicativos estão disponíveis para usuários.

Também com o objetivo de alertar e esclarecer a população sobre as falsas notícias que começaram a ser disseminadas sobre o tema, foi disponibilizado um número de WhatsApp para envio de mensagens para apuração pelas áreas técnicas do Ministério e respondidas oficialmente se são verdade ou mentira.

Para utilizar o serviço, é necessário incluir o número (61) 9938-0031 entre os contatos do WhatsApp. A conta funciona trazendo orientações a partir de temas específicos, lembrando que este é um serviço que utiliza um robô, logo, não é possível tirar dúvidas diretamente com um atendente. As informações são da assessoria.

Redação Só Notícias (foto: reprodução)