Geral

Gerentes de unidades de conservação participam de capacitação em Cuiabá

Os gerentes de cinco unidades de conservação estaduais de Mato Grosso participaram nesta semana do 3º Seminário de Gestão de Incêndios Florestais, no auditório do Centro Cultural da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Para a coordenadora da Coordenação de Unidades de Conservação, Paula de Andrade, a proposta do evento foi importante para trazer informações principalmente sobre a prevenção aos incêndios que acontecem no entorno e nos parques. “Essas capacitações preparam nossos técnicos para dar respostas mais rápidas e eficientes às situações que são recorrentes”.

A gerente do Parque Estadual do Araguaia, Lucilene Pereira, que está nesta função há cerca de 3 anos, conta que o curso vai ajudar na melhoria dos cuidados e também no diálogo com os produtores que estão no entorno da unidade. “Ainda é uma prática comum fazer queimada para renovar pastagens, é algo cultural, todos os anos enfrentamos essa dificuldade, por isso aprender meios de agir preventivamente é fundamental”.

O curso também trouxe técnicas de como não deixar o fogo se alastrar, de modo a interrompê-lo bem no começo. A gerente do Parque Estadual Serra Azul, em Barra do Garças, Cristiane Schnepfleitner, que está desde abril de 2015 como gerente, disse que todas as informações serão muito úteis na prática. “Nós trocamos ideias e ampliamos nossa visão sobre os incêndios florestais no país e no mundo”.

Esse seminário foi realizado pelo Comitê Estadual de Gestão do Fogo e o Batalhão de Emergências Ambientais (BEA), em parceria com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) e UFMT, com o apoio da Fundação de Apoio à Pesquisa de Mato Grosso (Fapemat).

As informações são da assessoria.