Geral

Fiscalização ao desmatamento irregular será intensificada na região de Sinop

Nos próximos dias, os agentes do Ibama que trabalham no Plano de Ação para a Prevenção e Controle do Desmatamento da Amazônia Brasileira (PPCDAM) estarão desenvolvendo novas ações em toda a área de abrangência da Gerência Operacional de Sinop. A informação é do chefe de serviços da coordenação técnica de controle ambiental, Roberto Agra. No mês de maio, foram emitidas 72 autuações nos municípios de Sinop, Itaúba e Cláudia, totalizando R$ 11,6 milhõesem multas.

No direcionamento das ações de fiscalização, o Ibama utiliza o sistema DETER, de monitoramento por satélite, bem como as denúncias recebidas pela Linha Verde, pelo telefone 0800-61-8080 (ligação gratuita). Criado em 2003, o PPCDAM é um plano interministerial com tem três eixos principais de ações, também adotados no processo de licenciamento ambiental da pavimentação da Rodovia BR-163, no trecho entre Guarantã do Norte e Santarém.

Semana passada, foi divulgado um novo tipo de golpe que é usado por alguns madeireiros de Mato Grosso. Estaria sendo falsificada agora a guia eletrônica criada há um ano para certificar a legalidade do carregamento. O coordenador de fiscalização do Ibama em Mato Grosso, Lesly Tavares, disse que as guias são retiradas várias vezes e acabam passando pela fiscalização.

Teoricamente, uma vez que a guia fica registrada no posto de fiscalização, o madeireiro não poderia passar no mesmo local com a mesma guia. “Para isso, existem muitas possibilidades, eles alteram a placa do caminhão e utilizam guias frias”, conta Tavares.

As guias possuem um código de barras, digitado nos postos de fiscalização. Por meio de computadores e internet, o código deve corresponder ao que aparece na tela do computador. As fraudes aconteceram em lugares que não possuem estrutura física e acesso à internet.